06 abril, 2017

Resenha: O Meu Pé de Laranja Lima

Sinopse: O menino Zezé, filho de uma família paupérrima, cria um mundo de fantasia para se refugiar de uma realidade exterior áspera, conferindo alma a animais e árvores. Assim é que um pé de laranja lima se torna seu confidente, a quem conta suas travessuras e dissabores. No hostil mundo adulto ele encontra amparo e afeto em algumas pessoas, sobretudo em Manuel Valardes, o Portuga, uma figura substituta do pai.
A vida, porém, lhe ensina tudo cedo demais. A ingenuidade da infância está de todo perdida no precoce aprendizado da dor e da saudade.

Os livros de antigamente não tem fama de terem finais felizes, esse, publicado em 1968, não é diferente. No início, quando os personagens e a situação deles são apresentados eu chorei sem parar em todas as páginas, é um livro que trata de realidade sem pudor algum, e dois temas que, pra mim, nunca deveriam ser misturados são crianças e pobreza.

Zezé é um menino de 5 anos (SÓ CINCO ANOS) que é muito levado, por isso sempre apanha muito, mesmo assim não para de aprontar, coloca a culpa no seu padrinho, o próprio diabo, que fica falando em seu ouvido travessuras que ele pode fazer. Por ser desse jeito Zezé se sente excluído da família e encontra conforto na sua imaginação, que transforma coisas comuns em leões, panteras, aviões e cowboys.
Zezé é um menino muito inteligente, aprendeu a ler sozinho e foi pra escola com apenas cinco anos, ao se mudar de casa ele encontra um pequeno pé de laranja lima, a quem dá o nome de Minguinho e divide com ele todos os seus segredos e peraltices. Apesar da vida difícil que leva, o menino sempre consegue tirar o melhor das situações por meio de sua imaginação e da ajuda de seus amigos, como a professora Cecília Paim, o vendedor de música Ariovaldo, o Portuga Manuel Valardes, a irmã Glória, o reizinho Luíz, seu irmão mais novo e o sábio tio Edmundo.

O livro é tão triste no início que a gente acaba se acostumando com a tristeza e do meio pro final nem chora mais, é uma leitura rápida e que traz várias reflexões, dando uma vontade imensa de abraçar alguém. Não gosto de livros que abordam esse tema, é o segundo assim que leio esse ano, sempre fico muito abalada, mas são necessários.
Não tenho muito a dizer sobre o livro, é preciso ler para entender esse sentimento. Acho que é impossível não se emocionar ao longo da história, mas também existem momentos para dar risada e sonhar. Apesar de tudo, o livro é bom.

INFORMAÇÕES GERAIS:

Título original: O Meu Pé de Laranja Lima
Autor: José Mauro de Vasconcelos
Ano de publicação: 1968
Gênero: Drama
N° de páginas: 183
Editora: Melhoramentos
Classificação: 4/5
Data do início da leitura: 02/04/2017
Data do término: 05/04/2017

DESAFIOS:
Livreando: Livro com capa amarela
Bingo: Nacional

Esse é o segundo livro que eu li em abril, seguindo o Desafio Literário Livreando, na categoria "Livro com capa amarela", se alguém tiver interesse em saber mais é só clicar na imagem!!


0 comentários:

Postar um comentário

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus RSS Feed Email

Banner

Banner

Receba notificações!!

Caroline Foletto

Minha foto
Rio Grande do Sul, Brazil
19 anos, estudante de direito, apaixonada por livros, filmes e séries!

Instagram

Seguidores

O que eu estou lendo

O que eu estou lendo
O Clã de Rhett Butler - Donald McCaig

Meta de Julho

  • A Viagem do Tigre - Colleen Houck
  • Entre o Amor e a Vingança - Sarah MacLean
  • Laços Eternos - Zibia Gasparetto
  • O Clã de Rhett Butler - Donald McCraig
  • Um Porto Seguro - Nicholas Sparks

Inscreva-se no canal

Editora parceira

Popular Posts

Visitantes

Tecnologia do Blogger.

Copyright © Leituras de verão | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com